My Image

MATRIZ SÃO BENTO DO SUL - (47) 3635.1112


FILIAL SÃO BENTO DO SUL - (47) 3633.2267


FILIAL RIO NEGRINHO - (47) - 3644.9353

Vistoria Cautelar

A vistoria prévia cautelar, antes reservada apenas a financeiras e administradora de consórcio, agora pode ser uma grande aliada do consumidor que deseja garantir a procedência do veículo que está adquirindo. Desde o dia 26 de Maio de 2015 está em vigor a Lei 13.111 sancionada pela presidenta Dilma Rousseff em março, Dentre as obrigatoriedades de informarem os compradores previstas aos comerciantes de veículos estão inclusos os valores de tributos sobre a comercialização, bem como informações de regularidade do veículo quanto a furto, multas e taxas anuais devidas, débitos de impostos, alienação fiduciária ou circulação do veículo. Estas informações devem ser quaisquer registros que limitem ou impeçam este veículo circular. Segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito – DENATRAN, 4 em cada 100 veículos podem ser adulterados, ser proveniente de leilões, sinistros ou estar com um agregado trocado. A vistoria cautelar veicular consiste no exame de um veículo para encontrar vestígios que indiquem a possibilidade de adulteração de chassi, motor, câmbio, vidros, etiquetas de identificação, placas, etc. Também é realizada uma verificação de possíveis reparos estruturais em longarinas, painel dash (corta-fogo), teto, lateral, traseira, dianteira, detalhes de originalidade. A vistoria é realizada em duas partes. A primeira realiza a checagem em bases de dados públicas e privadas, onde informações relevantes como a identificação exata do veículo, procedência, numeração de motor e chassi, ocorrência de sinistro (furto, roubo, enchente, financiamento), restrições judiciais e também histórico de venda em leilão.


Durante a segunda parte, uma vistoria pericial é realizada por profissional competente e treinado para identificar gravações de motor e chassi, comparando com o seu padrão original de gravação na fábrica, teste de pintura (tonalidade e espessura da pintura), lacração e autenticidade de placas e demais itens do veículo.


Com a Vistoria Prévia Cautelar o consumidor evita problemas futuros como prejuízos financeiros e até processos criminais por estar de posse de um veículo que, muitas vezes, foi furtado ou roubado e não se tinha conhecimento. Esse tipo de vistoria está disponível nas Empresas Credenciadas de Vistoria – ECV, com um custo médio de R$ 150,00. Por se tratar de informações relevantes para aquisição ou ainda situações que limitem a circulação do veículo ou aquisição de produtos essenciais como seguro total do 

veículo, já que as seguradoras acessam os dados destes veículos e limitam as coberturas ou indenização em caso de sinistro.


Mecânica em segredo


O problema é que essa vistoria não é capaz de detectar defeitos mecânicos. A checagem do motor e câmbio é realizada apenas para confirmar a autenticidade das gravações do número de série. Para obter melhores resultados sobre a condição do motor recomenda-se encaminhar a um mecânico de confiança. Se ainda o proprietário do veículo quiser obter um diagnóstico completo da parte mecânica do veículo, como freios, suspensão, alinhamento, emissão de poluentes e ruídos pode encaminhar o veículo a uma Inspeção Técnica Licenciada – ITL, onde são inspecionados mais de 120 itens, como equipamentos obrigatórios de segurança, sistema de iluminação, de freios, de direção, eixos, suspensão, pneus e rodas, emissão de poluentes e ruídos. Em média esse laudo de segurança veicular custa em torno de R$ 250,00.


VISTORIA PARA TRANSFERÊNCIA É MAIS SIMPLES


A vistoria que checa as condições do carro, chamada de prévia ou cautelar, não deve ser confundida com a outra, exigida por lei para que o veículo possa ser transferido. A vistoria de transferência é bem mais simples. Seu objetivo não é verificar o estado de conservação, mas sim a regularidade dos números de chassi e motor e a presença de itens obrigatórios de segurança.